Skip to content

UPA Perus abre as portas após mais de 5 anos de luta

Demanda antiga da população, a UPA Perus enfim será inaugurada na próxima quarta-feira (18/12). Depois de quase 3 anos de obras paralisadas, a retomada ocorreu em fevereiro, após muita pressão do vereador Police, que conseguiu aprovar repasse de R$ 1 milhão no Orçamento para 2019. O parlamentar acompanha o projeto desde o início, em 2013, e auxiliou inclusive na definição do terreno que receberia o equipamento, previsto originalmente para uma área na avenida Raimundo Pereira de Magalhães.

Ao todo, foram investidos R$ 6,2 milhões no equipamento da Prefeitura. Em março, o prefeito Bruno Covas esteve no canteiro de obras e prometeu entregar a UPA Perus em julho. Mas os atrasos continuaram. Police, que acompanhou a visita, seguiu cobrando e agindo para melhorar os serviços e a estrutura de atendimento na região, ouvindo a população, os conselheiros e os gestores das unidades de saúde. O secretário de Saúde, Edson Aparecido, atendeu a boa parte das demandas.

A UPA terá capacidade para atender 16 mil pacientes por mês, em diversas especialidades. Serão 18 leitos para adultos, 8 na pediatria e mais 6 camas hospitalares na sala de emergência.
Confira os detalhes:

As atividades do PS Perus serão transferidas para a UPA e ampliadas no novo equipamento. No lugar do PS, outros serviços passarão a funcionar no prédio: Assistência Médica Ambulatorial (AMA) Especialidades, Ambulatório de Especialidades (AE), Unidade de Vigilância em Saúde (UVIS), Supervisões Técnicas de Saúde (STS) e Centro Especializado em Reabilitação (CER). De acordo com a secretaria da Saúde, todos os funcionários do PS serão transferidos para a nova unidade, com exceção dos que serão realocados para outros serviços da Administração Direta, conforme sua própria escolha.

O vereador Police buscou as melhores soluções para a UPA desde o início do projeto. O primeiro terreno previsto pela Prefeitura (em 2015), na av. Raimundo Pereira de Magalhães, teria de ser desapropriado, atrasando mais ainda a construção. Police então, em diálogo com a comunidade e o próprio poder público, identificou o terreno atual, pertencente à COHAB, e as obras tiveram início. Mas a UPA não resolve todos os problemas da saúde na região, e Police seguiu trabalhando para oferecer outras melhorias ainda antes da inauguração. Entre dinheiro destinado pelo mandato e pela Secretaria da Saúde, o PS e outras unidades conquistaram R$ 2,4 milhões em reformas e equipamentos. “Todas as melhorias que propus foram definidas no diálogo permanente com usuários e gestores. Isso signifi ca fazer o que a população precisa, não o que um ou outro querem”, afirma o vereador.

Compartilhe nas redes sociais

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Police Neto garante isenção de TPU para comerciantes que trabalham usando o espaço público

Do Caminhar Pinheiros ao Ocupa Rua – a “guerra do meio fio” em São Paulo

Vereador assina compromisso com Programa Cidades Sustentáveis