Diante dos critérios de qualidade estipulados nos contratos das empresas que fazem o transporte por ônibus em São Paulo e seu visível não cumprimento, o vereador Police Neto deu início, há aproximadamente dois meses, ao Fiscalizando o Busão.

O programa se baseia nas próprias viagens que o parlamentar realiza diariamente pela cidade, já que não usa carro oficial e seu veículo próprio é uma bicicleta. Durante os percursos, Police analisa as condições do serviço e dos veículos de acordo com pontualidade, manutenção, limpeza e conservação, lotação, tecnologia e conforto, acessibilidade, matriz energética e comportamento dos funcionários.

Depois das mais de 20 fiscalizações – algumas também a bordo de trem e metrô – realizadas e das diversas sugestões de vistoria recebidas pessoalmente e por meio de redes sociais, o vereador deu início a uma nova série de avaliações a pedido dos cidadãos. “Agora vamos analisar as linhas partindo do extremo de nossa periferia. Hoje (27/9), por exemplo, logo às 6h, fui até o bairro do Sol Nascente, extremo noroeste da cidade, onde tomei o ônibus 8040/10 que vai até o Terminal Lapa”, diz.

O objetivo das fiscalizações, afirma Police, é melhorar a prestação dos serviços. “Além da pressão política para que as empresas ofereçam um transporte digno, estamos engajando os usuários para que também ajudem com as verificações. Todo o material reunido servirá também para oficiarmos as concessionárias”, explica.

Os usuários de transporte coletivo já podem participar do projeto enviando fotos e relatos sobre as condições dos veículos para redes do vereador e usando a hastag #fiscaldobusão em suas próprias publicações.

Postagens Recomendadas

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar